sábado, 5 de junho de 2010

Carta ..


Eu nunca imaginei sentir tanta saudade.

Nunca pensei que iria me arrepender de coisas que já fiz de palavras que não disse, mas bem o tempo passo e aqui estou eu..

Me corroendo em meio a agonia de ter feito e não poder desfazer, de ter falado e não poder retirar, de querer gritar e saber que não serei ouvida.

Não é muito fácil, mas totalmente previsível afinal alguém já dizia:” três coisas não voltam atrás a palavra depois de data, a pedra depois de lançada e o tempo depois de perdido.”

Confesso que desconheço o autor, mas conheço perfeitamente o sentido de cada palavra dessa frase.

Eu errei. Eu me arrependo. Eu te perdi. Eu esnobei,eu fingi que não me importava. Eu encenei que estava bem. Eu chorei. Eu ri pra esconder o choro. Eu cai. Eu me levantei.Achei que estava firme E ai , eu percebi que nada mais tinha sentido.Depois acabou a ilusão que eu creie, a emoção foi embora e eu so peço pro tempo correr.

Maldito ego, maldito egoísmo, maldito geneo, maldito destino... maldita cidade, maldita lembranças...

Se eu dizer que já não sinto nada estarei mentindo. Me pergunto de onde foi que eu tirei que a estrada sem você seria mais segura.

DE onde eu não sei. Mas me lembro de repetir muitas vezes para mim mesma afim de faze-la se tornar verdade. Mas sinto em dizer que meu hipotálamo é muito mais esperto do que subestimei.

Enquanto procura desculpas pra te esquecer, pra me convencer que nossa historia não me interessa, que você é passado,enquanto eu me convencia de que sou a pessoa errada... ele processava as entrelinhas do meu discurso.

Eu te amo sim, e toda vez que eu tento me esquivar desse sentimento acabo mais e mais envolvida. A bomba por muito tempo esteve em minhas mãos guardada a sete chaves e hoje eu a divido com você.Na certeza de que meu amor seja uma velha canção em seus ouvidos.

e de que não estou tentando revirar sentimentos.

Eu não consigo esconder Certo ou errado eu quero ter você.Voce sabe que eu não sei jogar..., não é meu dom representar...

Não te peço mais do que posso te oferecer.

E hoje te ofereço a minha vida de uma forma total, sem reservas sem restrições.

Sim agora.justo agora que você parece não ligar, que já não pensa e já não QUER pensar.Hoje eu assumo meus erros, te peço perdão e uma nova chance.


Nota da autora:Obrigada por me emprestar o texto que eu te dei e deixar eu postar aqui.

Toda sorte do mundo, estou torcendo por vocês.